Record

Sébastien Ogier termina líder no rali da Grã-Bretanha após segundo dia dramático

Ott Tanak abandonou etapa devido a avaria e perdeu liderança

• Foto: EPA
O francês Sébastien Ogier (Ford) chega ao último dia na liderança do rali da Grã-Bretanha, depois de um dia dramático, com o abandono de Ott Tanak (Toyota) devido a avaria, na penúltima especial, quando seguia destacado na frente.

O estónio parou ao lado da pista, sem pressão de água no motor do seu Yaris, devido a um toque no radiador, e está em dúvida a sua presença no último dia.

Tanak tinha, nessa altura, 41 segundos de vantagem sobre Sébastien Ogier, que, ao longo do dia, recuperara do quinto até ao segundo posto, antes de herdar o comando da prova.

O atual campeão mundial beneficiou também de um erro do belga Thierry Neuville (Hyundai), que logo na segunda especial da manhã deixou o seu i20 resvalar para a valeta, o que lhe custou um atraso de 51 segundos e a queda para o oitavo lugar, atrás do norueguês Andreas Mikkelsen (Hyundai) e do neo-zelandês Hayden Paddon (Hyundai), a 53,8 do comandante.

Ogier tem, assim, a possibilidade de recuperar o segundo lugar no campeonato e situar-se a apenas dois pontos do atual líder, Thierry Neuville.

"Foi uma pena para o Ott [Tanak], que este fim de semana estava um degrau acima de toda a gente. Mas agora estamos a lutar pela vitória e não pelo segundo lugar", frisou Ogier, que terminou com 5,5 segundos de vantagem para o finlandês Jari-Matti Latvala (Toyota) e 10,8s para o também finlandês Esapekka Lappi (Toyota).

No domingo, os pilotos têm pela frente as derradeiras cinco especiais, com 55 quilómetros cronometrados.
Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Ralis

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M