Guillem Cabestany: «Não foi perfeito, mas fomos mais completos»

Treinador do FC Porto feliz pelo apuramento para a final da Taça Continental

• Foto: José Gageiro / Movephoto

O FC Porto alcançou o apuramento para a final da Taça Continental, ao bater os espanhóis do Lleida por 5-3, numa partida na qual o técnico portista Guillem Cabestany confessa ter visto o melhor e o 'menos bom' por parte dos seus pupilos.

"Entrámos muito bem no jogo, foi um muito bom FC Porto nos minutos iniciais, mas o Lleida conseguiu entrar no jogo, é uma equipa sólida e que tem argumentos, tentei acalmar os jogadores, porque estavam a perder a cabeça, e depois na segunda parte gerimos melhor o jogo, não foi perfeito, mas fomos mais completos. Depois do 2-0 esperava uma gestão mais tranquila do jogo, na segunda parte fizemos isso, estamos na final, mas eles também podiam estar.

Adversário na final

O Barcelos seria um rival atrativo porque levamos três anos a perder aqui no campeonato, mas o Barcelona também seria igual ou ainda mais. A final da Champions da época passada deixou-nos um sabor amargo, mas seja qual for o adversário o FC Porto vai estar motivado".

Por Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Hóquei em Patins

Paulo Freitas: «Dificilmente nos venciam naquele fim de semana»

O técnico, de 50 anos, levou o Sporting à conquista da 2.ª Liga Europeia de hóquei em patins da história do clube. Para ele foi também a segunda vitória, após triunfar pelo FC Porto como jogador em 1989/90. A estes troféus junta mais um: o Record de Ouro

Notícias

Notícias Mais Vistas