«Ainda sou o melhor»: Ibrahimovic diz que joga "praticamente de borla" e avisa Milan

Avançado sueco, de 38 anos, diz que ainda é "o melhor a jogar futebol"

• Foto: Reuters

Zlatan Ibrahimovic confirmou numa entrevista à revista 'Sportweek', da 'Gazzetta dello Sport', que será publicada amanhã, que teve uma discussão com um diretor do Milan, Ivan Gazidis. Adiantou também que não está satisfeito com a atual classificação da equipa, diz que joga em Milão "praticamente de borla" e não revelou se vai continuar a jogar futebol na próxima época.

O avançado de 38 anos, que durante praticamente toda a entrevista fala de si próprio na terceira pessoa, reconhece que tem a ambição de ganhar. "O Ibra joga para ganhar alguma coisa, caso contrário ficava em casa."

"Eles disseram-me que retirar-me na América era demasiado fácil, por isso voltei ao Milan. Vim puramente pela paixão, porque estou a jogar praticamente de borla... Depois veio esta situação do covid, tudo parou e eu pensei que se calhar era um sinal que devia retirar-me", acrescentou. "Felizmente voltámos ao campo. Os meus gémeos deixaram de doer e ao cabo de dois dias já estava pronto para regressar à equipa. O Ibra é assim. Mas eles disseram-me para ir com calma."

Estará o sueco, que completa 39 anos em outubro, a planear a retirada? "O Ibra nasceu para jogar e ainda é o melhor a jogar futebol. Vamos ver como me sinto dentro de dois meses. E vamos também ver o que acontece no clube. Se a situação for esta, honestamente não vão ver-me no Milan na próxima época. O Ibra não é um jogador de Liga Europa e o Milan também não é um clube de Liga Europa."

Sobre o frente a frente com Ivan Gazidis num treino antes da meia-final da Taça de Itália, o sueco explicou o que se passou. "Falei por mim e pela equipa. Precisava de explicações sobre o futuro, o meu e o do Milan. Disse-lhe que isto não é o 'grande' Milan que eu outrora vivi e isso é verdade, mas temos de fazer o melhor que conseguirmos para reverter esta situação."

"O Ibra está aqui, o Ibra trata de tudo. Eu tenho de estar aqui ou vocês perdem os adeptos. Não sei se vou jogar noutro clube depois do Milan, mas nunca fecho a porta às oportunidades. Vou apenas para onde possa ter algum controlo e não onde as palavras não valem nada. Ainda tenho muita paixão pelo que faço", adiantou.

A equipa, 7.ª classificada na Serie A, é treinada por Stefano Pioli, mas fala-se na possibilidade de poder contratar o alemão Ralf Rangnick. "Quem é Ralf Rangnick? Nem sei que ele é", atira Ibra durante a entrevista.

Por Isabel Dantas
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Itália

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0