João Tralhão: «João Félix tem de estar perto da área porque é onde explora as suas qualidades»

Treinador que trabalhou com o jovem jogador no Benfica analisa ano do craque no Atlético Madrid

João Tralhão, treinador que trabalhou com João Félix no Benfica, contou numa entrevista ao site 'goal.com' que o jovem jogador do Atlético Madrid "é diferente", "talentoso", mas avisa que ele tem apenas 20 anos e que necessita de tempo para crescer ainda mais.

"O João é um jovem diferente. Tem características distintas que são visíveis nos jogos do Atlético Madrid. O seu maior talento é a capacidade mental e emocional para o trabalho. As suas características fazem com que seja um dos melhores jovens do Mundo. É um menino que precisa de um período de adaptação, tem 20 anos. Sabíamos o talento que ele tinha, mas para chegar ao topo precisa de passar por etapas de crescimento", disse o técnico, que deixou o Seixal ao fim de 18 anos de trabalho na formação do Benfica para ser adjunto de Thierry Henry no Monaco.

Tralhão acompanhou, naturalmente, as atuações do ex-pupilo no Atlético Madrid. "Quando ele chegou ao Atlético não esperei que fizesse uma época consolidada. Precisava da adaptação que qualquer jogador precisa quando muda de vida e de país. Ele fez uma temporada muito positiva, não nos podemos esquecer que se trata de um menino de 20 anos que trocou Portugal por Espanha. O tipo de atuações que vimos o João fazer esta temporada são o primeiro passo para que possa crescer na LaLiga e no futebol mundial. Como treinador vejo-o jogar contra o Real Madrid, contra o Barcelona, na Liga dos Campeões... e se faz o que faz com 20 anos é porque não se deixa afetar pela pressão. Assume-a para ter boas atuações. Está preparado."

E onde deve João Félix jogar? Pela ala ou a médio ofensivo? "A posição não me preocupa. O importante é que as suas ações dentro do campo permitem-lhe fazer tudo o que sabe: criar ocasiões para os companheiros, fazer o último passe, estar próximo da área para fazer golos, porque ele é um finalizador eficaz. Tem de estar perto da área porque é onde melhor explora as suas qualidades. O Simenone é um treinador que vai ajudá-lo."

O técnico identifica o que torna João Félix num futebolista único. "Não é fácil encontrar um jogador tão criativo, tão forte a atacar e que também tem capacidade para defender, bem como trabalhar para a equipa. Esta é uma das razões por que se valoriza tanto jogadores como o João. É um trabalhador nato, sempre disposto a ajudar os seus companheiros dentro do campo. Quando o vês jogar com Simeone, que tem uma equipa muito bem coordenada, vês que ele está bem adaptado e que a sua gestão de energia para atacar e defender é cada vez mais perfeita. No Benfica mostrou que era um jogador que também podia defender."

Por Record
2
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Espanha

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.