São Paulo pede escolta à Polícia Militar

Problemas com adeptos motivam decisão

O São Paulo vive tempos conturbados. Depois da eliminação nos quartos de final do Campeonato Paulista, às mãos do Mirassol, a equipa foi intimidada por um grupo de adeptos, que se dirigiu até ao Centro de Treinos de Cotia e lançou petardos na direção do hotel onde os jogadores descansavam.

Como não foi a primeira vez que tal sucedeu, existindo ainda registo de pedradas a veículos e promessas de agressão, a direção do emblema brasileiro já pediu escolta à Polícia Militar para a viagem de autocarro até ao aeroporto, no próximo fim de semana, para a estreia no Brasileirão, frente ao Goiás.

O clube equaciona até que o veículo se encaminhe diretamente para a pista, de forma a evitar contacto com adeptos no aeroporto.

Por João Seixas
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.