Flamengo de Jorge Jesus perde na final da Taça Rio

Fluminense levou a melhor nos penáltis, depois do empate a um nos 90'

Siga a transmissão do Fluminense-Flamengo

O Flamengo, de Jorge Jesus, perdeu na quarta-feira a Taça Rio, segunda fase do estadual Carioca, ao cair na final face ao rival Fluminense, que se impôs por 3-2 nos penáltis, após 1-1 nos 90 minutos.No Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro, o 'Flu' marcou primeiro, aos 37 minutos, por Gilberto, mas, aos 78, o suplente Pedro restabeleceu a igualdade e, até ao final, os campeões brasileiros tiveram várias ocasiões para selar a reviravolta.

A equipa de Jesus não foi, porém, eficaz, tal como nos penáltis, em que só converteu dois, por Gabriel Barbosa e Pedro, desperdiçando três, dois defendidos por Muriel, ex-guarda-redes do Belenenses, incluindo o decisivo, de Rafinha.

Pelos locais, marcaram Nenê, Hudson e Pacheco, enquanto Dodi e Michel esbarraram no especialista Diego Alves.

O Flamengo entrou no jogo a tentar dominar e teve mais tempo a bola, mas, em toda a primeira parte, só fez dois remates, por De Arrascaeta (29 minutos) e Rodrigo Caio (35), e ambos saíram longe da baliza defendida por Muriel.

Por seu lado, o 'Flu' fez uma primeira ameaça aos 24 minutos, por Gilberto, que acabaria por inaugurar o marcador, aos 37, num cabeceamento fora do alcance de Diego Alves, depois de um centro de Edígio e um primeiro toque de cabeça de Marcos Paulo.

Na segunda parte, o 'onze' de Jorge Jesus, em desvantagem, instalou-se junto à área contrária e criou várias ocasiões para empatar, nomeadamente por Bruno Henrique (55 minutos), Gerson (65) e o ex-benfiquista Gabriel Barbosa (67 e 76).

A insistência do 'Fla' acabou por dar frutos aos 78 minutos, com o suplente Pedro, entrado aos 75, a faturar de cabeça, já na pequena área, após centro da esquerda de Filipe Luís.

Na parte final, os campeões brasileiros tentaram evitar a 'lotaria', mas Bruno Henrique atirou ao lado (84 minutos) e cabeceou para Hudson salvar sobre a linha (85). O ex-portista Diego ainda atirou para Muriel defender (90+1).

A Taça Rio decidiu-se, assim, nos penáltis, com Diego Alves e Muriel a defenderem, cada qual, dois pontapés, mas o 'Fla' a desperdiçar três, pois Leo Pereira atirou ao lado.

19
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Brasil

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.

0