Wolverhampton, Lille e Basaksehir passam a estar sob vigilância financeira da UEFA

Emblemas não cumpriram com os requisitos exigidos

• Foto: Record

O Wolverhampton, treinado pelo português Nuno Espírito Santo e que disputa liga inglesa, também vai estar sob 'vigilância' financeira da UEFA nas próximas duas épocas (2020/21 e 2021/22), depois de "não ter cumprido com os requisitos exigidos" em 2019/20, anunciou esta sexta-feira o organismo que tutela o futebol europeu, que vai também manter as restrições ao FC Porto.  

Além do clube inglês, os franceses do Lille e os turcos do Basaksehir passam também a integrar a lista de controlo financeiro da UEFA, sendo que ambos vão ficar em regime de monitorização nas próximas quatro temporadas (2020/21, 2021/22, 2022/23 e 2023/24).

A UEFA informou ainda que Galatasaray, Kairat Almaty e Maccabi Telavive "cumpriram as metas acordadas para a temporada 2019/20", mas vão continuar em regime de monitorização, tal como enquanto os romenos do Cluj cumpriram com os objetivos definidos em 2019 e deixaram de estar sob vigilância do CFCB.



 

Por Record com Lusa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Internacional

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.