Marega foi expulso, chamou a família e deixou o estádio antes do intervalo

Noite para esquecer do maliano, que viu vermelho por agredir um adversário

Se a atitude de agredir um colega de profissão sem motivo aparente já é, por si só, totalmente condenável, pior ficou a situação de Marega quando, à entrada do túnel, começou a fazer gestos em direção à bancada. No início, ficou a sensação que seria para os adeptos, que o estavam a assobiar, mas a realidade é que o maliano estava a tentar comunicar com a família, dizendo-lhes que queria sair imediatamente do estádio.

Dito e feito. Marega saiu do campo de tal forma chateado (vá lá saber-se com o quê...), que pouco tempo perdeu nos balneários e ainda antes do intervalo já estava a abandonar o estádio na sua viatura.

No final do jogo, Pedro Martins optou por não se alongar na análise à situação, dizendo apenas que será um "assunto para se resolver internamente". De recordar que além dos vários casos de indisciplina no Marítimo, Marega já mostrou o seu descontentamento com Pedro Martins quando o técnico o substituiu com o Estoril.

Por José Miguel Machado
1
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de V. Guimarães

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.