Record

Bruno Jacinto terá sido demitido do Sporting segunda-feira

Antigo OLA detido por ataque à Academia

Funções. Jacinto foi receber Gudelj ao aeroporto em agosto
Funções. Jacinto foi receber Gudelj ao aeroporto em agosto • Foto: Pedro Ferreira
Bruno Jacinto, ex-funcionário do Sporting, foi ontem detido no âmbito da investigação do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Lisboa à invasão da Academia de Alcochete, a 15 de maio. Na altura, o então oficial de ligação aos adeptos (OLA) terá recebido um telefonema, cerca de 15 minutos antes do ataque, no qual tomou conhecimento de que elementos da Juventude Leonina iam a caminho do centro de estágio "para falar com a equipa". Refira-se que, segundo fonte da Polícia de Segurança Pública, uma outra pessoa foi também presa.

De acordo com a investigação ainda em curso, Jacinto chegou a Alcochete depois das agressões terem tido lugar e terá ainda evitado que o ex-líder da claque, Fernando Mendes, fosse detido pelas autoridades numa primeira fase, permitindo que o condutor do BMW azul, Nuno Torres, o escoltasse de carro para fora do local.

Por alegadamente ter sido informado antes do ataque, o ex-funcionário responderá pelos mesmos crimes que os restantes 37 detidos, arriscando ficar em prisão preventiva. Jacinto será hoje presente ao juiz, no Tribunal do Barreiro.

A este propósito, e de acordo com informações recolhidas por Record, o antigo OLA terá sido demitido do Sporting esta segunda-feira. Após ter colaborado no pelouro dos adeptos, Jacinto tinha entre as funções que lhe eram destinadas receber os reforços leoninos no Aeroporto Humberto Delgado, o que fez nomeadamente com Gudelj e Diaby.
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Sporting

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M