Ricardo Soares: «Os números são exagerados»

Técnico do Moreirense insatisfeito com o resultado

• Foto: LUSA

Que razões encontra para este resultado?

– Há mérito do FC Porto e demérito nosso. Fundamentalmente não fomos a equipa que costumamos ser. Fizemos 50 minutos muito bons, dividimos o jogo e em muitos períodos da primeira parte estivemos por cima, contra uma equipa moralizada, que acaba de ser campeã. A partir do 2-1, tentámos reagir e sofremos logo o 3-1. Não fomos organizados, não fomos equilibrados e do outro lado houve uma eficácia tremenda. Mas o resultado não espelha o que se passou.

– Como estabilizou o jogo na primeira parte?

– O FC Porto colocou o Fábio Vieira muito por dentro e o Manafá muito projetado, algo que estava a dificultar a nossa movimentação. Depois colocámos o Luther mais atrás e corrigimos. Tivemos bons momentos a partir daí, mas na segunda parte o FC Porto jogou com facilidade porque fomos pouco agressivos.

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Moreirense

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.