Gil Vicente regressa com novo treinador e exames médicos para sete reforços

Rui Almeida é o sucessor de Vítor Oliveira no comando da equipa de Barcelos

• Foto: Instagram Gil Vicente

O plantel do Gil Vicente arrancou esta quinta-feira os trabalhos da temporada 2020/21, realizando os habituais exames médicos e físicos, na presença dos sete reforços oficializados e do novo treinador do clube da Liga NOS.

Esse grupo de jogadores cumpriu o primeiro de dois dias dedicados à tradicional avaliação clínica após as férias e fez testes de despistagem à covid-19 no Estádio Cidade de Barcelos, onde começam a evoluir a partir de segunda-feira, em aprontos divididos também pelo Adelino Ribeiro Novo e pelos Campos de Galegos e de Carvalhal.

O Gil Vicente designou o treinador Rui Almeida como sucessor de Vítor Oliveira, que conduziu os galos a uma campanha tranquila na Liga NOS em 2019/20, culminada na 10.ª posição, com 43 pontos, 10 acima da zona de despromoção, numa época marcada pelo regresso administrativo à elite, a partir do Campeonato de Portugal, após o caso Mateus.

A composição da equipa técnica permanece desconhecida, tal como a calendarização do estágio e dos jogos de preparação, numa preparação logística que vai aguardar pela integração plena dos reforços até à apresentação do plantel à comunicação social, aprazada para 24 de agosto, indicou à agência Lusa fonte do emblema de Barcelos.

Os minhotos já tinham recrutado os defesas Souleymane Aw (ex-Avenir Béziers), Talocha (ex-Riga FC) e Tim Hall (ex-Karpaty), os médios Antoine Léautey (ex-Chamois Niortais) e Kanya Fujimoto (emprestado pelo Tokyo Verdy) e o avançado Boubacar Hanne (ex-Wolverhampton) e confirmaram esta quinta-feira a cedência de Joel Pereira por um ano.

O lateral-direito chega oriundo dos cipriotas do Omonia para colmatar as saídas de Alex Pinto, que esteve emprestado pelo Benfica e foi vendido na terça-feira ao Farense, e de Fernando Fonseca, que falhou as negociações para a renovação do vínculo contratual extensível até ao final da última época, confirmou à Lusa fonte ligada ao processo.

De saída estão também Wellington Luís, Edwin Banguera, Kevin Lopez e Léo Cordeiro, enquanto terminaram os empréstimos do guarda-redes Bruno Diniz, do defesa Arthur Henrique, do médio Bozhidar Kraev e dos avançados Yves Baraye, Zakaria Naidji e Sandro Lima, o melhor marcador dos galos em 2019/20, com 13 golos em 36 jogos.

Rui Almeida terá de gerir os regressos dos emprestados Manuel Lopes, Juan Villa e Romário Baldé e as renovações do médio Rúben Ribeiro e do avançado Hugo Vieira, dupla contratada em janeiro para reforçar as soluções ofensivas de um plantel construído de raiz, do qual sobram 15 elementos e já saíram cinco habituais titulares.

A edição 2020/21 da Liga NOS arrancará no fim de semana de 19 e 20 de setembro, quase dois meses após a conclusão de uma temporada reformulada devido à pandemia de covid-19, estando o sorteio marcado para 28 de agosto.

 

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Gil Vicente

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.