Record

Maicon e a receção hostil no Dragão: «Quando se é assobiado é porque se é lembrado»

Ex-capitão do FC Porto, agora no Galatasaray, foi apupado durante todo o encontro

• Foto: José Gageiro
Maicon foi uma das figuras do FC Porto-Galatasaray (1-0). O antigo capitão dos dragões, que saiu em ligítio do clube, foi assobiado pelos adeptos portistas durante todo o encontro mas nem por isso guardou ressentimentos.

"Quando se é assobiado é porque se é lembrado. Fiz história no FC Porto, conquistei vários títulos individuais e coletivos. Ninguém gosta de ser assobiado, mas quando acontece é porque se é lembrado. Isso faz parte do futebol e a gratidão que tenho pelo FC Porto vai continuar, não serão os assobios que vão mudar a ideia. Devo muito ao FC Porto e se hoje estou no Galatasaray também se deve ao que fiz no FC Porto", afirmou o defesa brasileiro.

Sobre o encontro, Maicon considera que o FC Porto acabou por ser superior: "Procurámos os 3 pontos do início ao fim, tivemos várias ocasiões, na primeira parte, mas não marcámos e depois acabámos por sofrer. O FC Porto defensiva e ofensivamente é muito forte. É uma equipa bem credenciada no europeu e já vi equipas maiores a vir aqui e não jogar o que jogámos. Temos de conseguir resultados positivos nos próximos jogos."

Da receção hostil a um ex-capitão à estreia de Marega: como se vive o FC Porto-Galatasaray
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Notícias

Notícias Mais Vistas

M M