Record

Chegar aos 'oitavos' da Champions ou vender ativos

SAD espera fazer mínimo de 70 milhões na prova milionária. Televisão é outro grande encaixe

• Foto: Movephoto
Fernando Gomes foi o porta-voz da SAD para comunicar que o FC Porto está a cumprir o acordo estabelecido com a UEFA relativo ao fair play financeiro. O prejuízo do exercício 2017/18 baixou relativamente ao período anterior, mas continua a ser negativo (28,444 milhões de euros). No entanto, para efeitos de controlo da UEFA, o resultado situa-se nos 17,2 milhões, o que está dentro do limite de 20 milhões traçado pelo organismo que tutela o futebol europeu.

Cumpridos de forma satisfatória os dois primeiros anos, o administrador financeiro acredita que o plano de quatro anos definido com a UEFA poderá ser antecipado já para o final deste exercício. "Cumprimos uma vez mais o acordo que estabelecemos com a UEFA, apesar de os resultados não serem aqueles que todos desejaríamos", referiu Fernando Gomes, reportando-se ao prejuízo de 28 milhões.

Quanto às perspetivas de futuro, essas são boas, desde que sejam cumpridos objetivos mínimos, nomeadamente na Champions. "Vamos ter um salto muito grande em termos de receitas provenientes das competições europeias. O que está previsto é atingirmos os oitavos-de-final. Se no ano passado obtivemos 30 milhões, este estamos à espera de alcançar entre 67 e 70 milhões. Se esse objetivo não for cumprido terá de ser compensado com mais vendas de jogadores. Por outro lado, vai ser contabilizado pela primeira vez o acordo de direitos televisivos que estabelecemos com a Altice, daí que tenhamos um aumento de proveitos", fez questão de apontar.
Por Rui Sousa
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de FC Porto

Ameaça Real sobre Alex Telles

Saída de Marcelo para a Juventus coloca o lateral portista em sério risco. Cláusula de 40 milhões de euros pode ser acionada já em janeiro
Notícias

Notícias Mais Vistas

M M