Jorge Jesus: «O meu forte é o espanhol... É um portunhol»

Técnico admitiu dificuldades com as línguas mas brincou com a situação

• Foto: Instagram Daily Cristina

Jorge Jesus, treinador do Benfica, revelou que foi Luís Filipe Vieira que o convenceu a deixar o Brasil, mas também houve uma motivação mais pessoal.

"Houve vários fatores que influenciaram a minha decisão. Primeiro a pandemia. Depois o projeto que o presidente me apresentou. É o presidente com o qual mais tempo trabalhei. E é um projeto ambicioso. Sim, Vieira convenceu-me, porque eu tinha a ideia de ficar mais um ano no Brasil", destacou e confessou: "Aqui estou mais perto dos meus e por isso posso ser um suporte para a minha família, caso alguma coisa aconteça."

Ao ser questionado sobre as dificuldades, principalmente, linguísticas que teve de ultrapassar na Arábia Saudita, Jorge Jesus voltou a recorrer ao humor.

"Expressava-me em inglês, mas um inglês de praia, como se costuma dizer. Mas, sempre fui compreendido e percebi o que me queriam dizer. O meu forte é o espanhol, tantos anos a trabalhar com argentinos, paraguaios. É um portunhol...", mencionou o técnico

O técnico, de 66 anos, ainda confessou que o exercício físico é fundamental no seu dia-a-dia.

"Depois de os jogadores treinarem, eu faço o meu treino juntamente com a minha equipa técnica. É muito importante para mim, porque preciso de libertar a minha adrenalina e então antes dos jogos preciso mesmo de libertar essa adrenalina toda", sublinhou.

7
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Benfica

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.