Santiago da Silva termina carreira no Sp. Covilhã devido a problemas cardíacos

Avançado são-tomense deixa o futebol devido a uma cardiopatia

• Foto: Facebook Sp. Covilhã

O avançado Santiago da Silva, jogador do Sp. Covilhã, terminou a carreira de futebolista por recomendação médica, devido a uma cardiopatia, adiantou esta segunda-feira o jogador à agência Lusa.

O são-tomense, de 34 anos, perdeu os sentidos e caiu sozinho no relvado do Estádio D. Afonso Henriques, no dia 21 de dezembro, em jogo da Taça da Liga. Desde então, foi submetido a vários exames médicos.

"Disseram-me que podia continuar a praticar futebol, mas não de alta competição. Para mim é uma situação muito difícil, porque estava confiante que ia correr bem e tinha esperança de poder continuar a jogar", disse o atacante, em declarações à agência Lusa.

Santiago da Silva lembra o período de angústia durante a espera pelos resultados definitivos, mas frisa que o mais importante é a saúde.

"Está difícil, mas a vida continua, a minha esposa está grávida, tenho um filho quase a nascer e o mais importante é a saúde. Gostava de continuar ligado ao futebol, mas, para já, ainda não sei o que vou fazer. Vou pensar na vida", realça o extremo, natural de São Tomé e Príncipe.

O internacional são-tomense sublinha que não estava mentalizado para a paragem forçada quando recebeu a notícia.

"Não estava mentalizado, porque tinha a esperança de poder continuar a jogar. Quando o fim da carreira é planeado é diferente, porque as coisas são programadas. Não foi o que aconteceu", refere o atacante.

O jogador fez várias baterias de exames cardíacos e Mendes Conceição, médico dos 'leões da serra', salienta que não se quis correr riscos.

"Depois destes exames todos, demo-lo como não apto para o futebol de alta competição. O risco era repetir-se a situação anterior, ter mais um enfarte. Depois de reavaliarmos tudo, ninguém quis correr riscos", enfatiza o médico, em declarações à agência Lusa.

Santiago da Silva observa que o problema se revelou quando "as coisas estavam a correr bem" no clube e agradece o acompanhamento e atenção que recebeu dos serranos, que considera terem sido "cuidadores".

O atacante perdeu os sentidos e caiu sozinho no relvado do Estádio D. Afonso Henriques, no dia 21 de dezembro, quando estavam jogados 40 minutos do encontro da terceira jornada da fase de grupos da Taça da Liga, entre o Vitória de Guimarães e o Sporting da Covilhã (3-0), quando estava a cumprir a primeira época ao serviço dos leões da serra.

O avançado chegou no início da última temporada ao Sp. Covilhã, proveniente do Coimbrões, e até ao episódio em Guimarães tinha sido utilizado em 13 jogos, tendo marcado dois golos ao serviço do Sp. Covilhã.

Ludgério Santiago da Silva conta com passagens também pelo Cinfães, Bravos do Maquis (Angola), União da Madeira, Paços de Ferreira, Padroense, Nogueirense, Progresso e Infesta.

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Sp. Covilhã

Notícias

Notícias Mais Vistas

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.