Record

Assinatura Digital Premium Saiba mais

Próxima bomba da polícia americana é um Dodge Charger de 707 cv

Contas feitas, esta transformação tem um preço superior a 100 mil dólares

A Polícia norte-americana está prestes a receber um reforço de peso, um Dodge Charger SRT Hellcat blindado com 707 cv de potência. Criado pela Armormax, uma empresa especializada em blindagem, este "monstro" vai substituir o Charger SRT Pursuit (ver galeria) das forças policiais dos "States", que tem "apenas" um V8 de 6.4 litros que produz 485 cv de potência.

A Armormax vai manter o bloco V8 de 6.2 litros do SRT Hellcat, mas vai dar-lhe tracção às quatro rodas para ajudar a colocar os 707 cv de potência no "chão". E este é só um dos trunfos desta proposta, que conta com vidro à prova de balas, protecção para a bateria, radiador, depósito de combustível e centralina, pneus à prova de furo e claro, "kit" de luzes de emergências e todos os sistemas de comunicação necessários num carro patrulha.

Os painéis da carroçaria podem ter um nível de protecção entre B4 e B7, sendo que este último é capaz de travar balas de 7,62 mm! Na lista de opcionais estarão ainda disponíveis extras como protecção contra explosivos e antenas receptoras para escutas, detalhes que fazem deste Hellcat o aliado perfeito da Polícia em perseguições a alta velocidade e "debaixo" de disparos.

Por esta altura já percebeu que a transformação do SRT Hellcat em "carro polícia" não será barata, mas convém lembrar que há poucos veículos com este tipo de blindagem capazes de acelerar tanto quanto este Dodge Charger SRT Hellcat.

Contas feitas, esta transformação tem um preço superior a 100 mil dólares, mais do que o próprio carro custa, já que nos Estados Unidos tem um preço que começa nos 68 mil dólares, o equivalente a 58.500 euros.

Autor: Aquela Máquina

Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
SUBSCREVA A NEWSLETTER RECORD GERAL
e receba as notícias em primeira mão

Ultimas de Fora de Campo

Diretor de Museu Serralves demitiu-se

João Ribas garantiu que não haveria secções restritas por idade na retrospectiva de Mapplethorpe mas foi criada secção interdita a menores de 18
Notícias
M M