Portugueses apostaram mais de 2 mil milhões online no confinamento deste ano

Em média foram 940 mil euros apostados por hora no primeiro trimestre

Os portugueses apostaram mais de dois mil milhões de euros online nos primeiros três meses deste ano, período que coincidiu com o confinamento devido à terceira vaga da pandemia, revelam os dados divulgados esta quarta-feira pelo Serviço de Regulação e Inspeção de Jogos (SRIJ).

O volume apostado ascendeu a 2.030,4 milhões de euros, o que representa uma subida homóloga de 80,9% e uma média de 940 mil euros por hora.

Nas apostas desportivas à cota as apostas realizadas somaram 423,8 milhões de euros, um crescimento de 184% face ao primeiro trimestre de 2020. Já nos jogos de fortuna e azar os apostadores gastaram 1.606,6 milhões de euros, o que traduz uma subida homóloga de 65,1%.

A receita bruta, que abate os montantes distribuídos em prémios ao total das apostas, das apostas desportivas à cota ascendeu a 69,5 milhões de euros, mais 101,4% do que um ano antes, já nos jogos de fortuna e azar, a receita bruta cresceu 64,2%, para 58,8 milhões de euros.

Em termos de receitas para os cofres do Estado em sede de Imposto Especial sobre o Jogo Online (IEJO), o trimestre encerrou com um valor arrecadado de 48,6 milhões de euros, muito acima (+180,9%) dos 17,3 milhões obtidos há um ano.

Por Negócios
Deixe o seu comentário

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2020. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.