Marcelo Rebelo de Sousa lamenta morte de Pedro Lima, o "ator de quem todos gostávamos"

Ator foi encontrado morto cerca das 10 horas deste sábado na praia do Abano

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, apresentou este sábado as condolências à família de Pedro Lima, "o ator de quem todos gostávamos", que deixou "sempre uma imagem de ator disponível e de colega generoso".

O ator Pedro Lima foi encontrado morto cerca das 10 horas deste sábado na praia do Abano, em Cascais, segundo fonte da Autoridade Marítima.

A mesma fonte referiu que pessoas próximas do ator manifestaram de manhã à PSP a sua preocupação pela ausência de Pedro Lima, por causa de uma carta deixada por este, tendo esta força de segurança alertado a Polícia Marítima e o capitão do Porto de Cascais acionado os meios de busca.

"Quando nos deixa alguém de quem todos gostávamos, e quando nos deixa precocemente, o choque é ainda maior", refere Marcelo Rebelo de Sousa, numa nota publicada na página da Presidência da República.

Marcelo Rebelo de Sousa destacou que "toda a gente gostava de Pedro Lima", que deixou "sempre uma imagem de ator disponível e de colega generoso".

"Apresento as minhas sentidas condolências à família de Pedro Lima, o ator de quem todos gostávamos", enfatizou.

O Presidente da República destacou ainda a "simpatia natural" de Pedro Lima, bem como o "seu gosto pela vida, que se transmitia às personagens que interpretou e ao modo como as interpretou".

"Nascido em Luanda, foi nadador olímpico por Angola, trabalhou como modelo e tornou-se uma das presenças mais constantes do panorama televisivo português, embora também tenha feito teatro e cinema", lembrou ainda.

Segundo fonte da Autoridade Marítima, pessoas próximas do ator manifestaram de manhã, cerca das 08:20, à PSP a sua preocupação pela ausência de Pedro Lima, por causa de uma carta deixada por este, tendo a esta força de segurança alertado a Polícia Marítima e o capitão do Porto de Cascais acionado os meios de busca.

Para o local foram dirigidos o piquete da Polícia Marítima, meios da estação de salva-vidas de Cascais, a que se juntaram posteriormente os bombeiros e GNR de Alcabideche, PSP de Cascais e ainda um helicóptero da Força Aérea, que sobrevoou a praia às 10:10.

O corpo foi encontrado às 10:20 por elementos de uma lancha salva-vidas.

No início, adiantou a fonte, foi encontrado a viatura de Pedro Lima, com os seus pertences, numa falésia, junto à praia, e depois foi descoberto o corpo do ator junto ao mar.

Foi chamada uma ambulância do INEM, que recolheu o corpo do ator, tendo a Polícia Judiciária (PJ) sido deslocada para o local para tratar do expediente processual, que será enviado para o Ministério Público, explicou a fonte à Lusa.

Pedro Lima estava a interpretar uma personagem na novela "Amar Demais", a ser transmitida pela TVI.

A TVI já lamentou a "partida inesperada e brutal" do ator, considerando que este é um "dia chocante que abre uma tormenta de emoções e deixa um pesar enorme entre todos".

Em comunicado enviado à Lusa, a TVI endereçou à família "sentidas condolências" e considerou Pedro Lima "um dos mais versáteis atores da sua geração" e "um operário desta indústria, no cinema, no teatro e na televisão", que estava "sempre disponível, sempre afável, sempre pronto para trabalhar".

Por Lusa

Últimas Notícias

Notícias
Subscreva a newsletter

e receba as noticias em primeira mão

ver exemplo

Ultimas de Fora de Campo

Notícias

Copyright © 2019. Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da Cofina Media S.A. Consulte a Política de Privacidade Cofina.